O peso do seu filho.
11 de agosto de 2005 - Ivo Mortani

Uma criança com problema de peso enfrenta sérias conseqüências do ponto de vista médico, emocional e social. Quilos extras podem levar a aumento da pressão sanguínea, diabetes, doenças do coração, problemas ortopédicos e de mobilidade, sem falar na baixa auto-estima e nos problemas sociais.

Manter um corpo saudável, quando se vive num mundo cercado de fast-foods, sacos de pipocas de 750gr, copos de refrigerantes 500ml e pizzas delivery não é uma tarefa fácil para um adulto. Muito menos para uma criança ou adolescente que está crescendo nele. Junte-se a isso, diversões prazerosas e sedentárias da vida moderna, como jogos de computador e uma extensa programação de TVs a cabo 24h, e está formada a mistura explosiva que leva ao excesso de peso e até a obesidade.

Crianças e famílias lidam com essa situação difícil de formas diferentes: alguns fazem dela o foco da vida familiar, outras fingem que o problema não existe. Mas existem duas verdades básicas para todas as famílias:

Em primeiro lugar: os pais influenciam constantemente o relacionamento de seus filhos com os alimentos, com as atividades e com eles próprios.

Em segundo lugar: o controle do peso é um problema familiar que exige uma solução familiar.

Para ajudar seu filho a vencer o desafio do controle de peso, seja um modelo positivo nas suas atitudes, nos seus hábitos alimentares e nas suas atividades físicas. Ajude o seu filho a entender que em um programa de controle de peso, a auto-estima vale tanto quanto à massa muscular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>