Núcleo de Atenção Contra Violência em Crianças e Adolescentes Obesos
7 de outubro de 2015 - Vera Perino

Instituto Movere abre inscrições para o Projeto Núcleo de Atenção Contra Violência em Crianças e Adolescentes Obesos

Com o objetivo de oferecer suporte interdisciplinar adequado para crianças e adolescentes vítimas de bullying para prevenir seus efeitos deletérios à saúde na vida adulta, o Instituto Movere abre inscrições para o projeto Núcleo de Atenção Contra Violência em Crianças e Adolescentes Obesos. Serão atendidas 100 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social de ambos os sexos, entre 6 a 17 anos, no período de um ano, da região de Arthur Alvim e dos bairros adjacentes.

Além disso, a iniciativa visa oferecer orientação e assistência jurídica às crianças e aos adolescentes vítimas de “bullying” e suas famílias, contribuir para a prevenção de fatores de riscos das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), promover mudanças nos hábitos alimentares por meio da reeducação alimentar e cozinha experimental, orientar as crianças, adolescentes e familiares no processo da promoção do equilíbrio emocional.

O projeto consiste na realização de avaliações antropométricas (peso, estatura, circunferência da cintura e pescoço) mensais para acompanhar a evolução da criança, adolescente e cuidador, acrescidas da avaliação: da composição corporal, dos testes motores, da postura e dos exames bioquímicos. Todas estas avaliações serão realizadas no início e no final do projeto. Cada criança e adolescente receberá orientação uma vez na semana da equipe interdisciplinar, composta por: médico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, assistente social, advogado e educador físico.

Além disso, este público terá aulas de cozinha experimental, perfazendo um total de 17 orientações por mês, com a assistência social e jurídica, livres, a partir da necessidade de cada um dos atendidos e de seus familiares, com agendamento prévio, em sistema de plantão, salvo os casos de emergência ou urgência. A criança ou adolescente deverá estar sempre acompanhada por um dos familiares ou seu representante legal.

Os pais receberão a cartilha “Se meu filho está com sobrepeso, o que posso fazer a respeito”, desenvolvida a partir de uma ação em parceria com o Center of Weight and Health da Universidade da Califórnia – Berkeley e a Dra. Joanne Ikeda. O Instituto obteve os direitos autorais e a equipe traduziu a cartilha. Nele, há explicação sobre o que é o sobrepeso, que tipos de alimentos devem ser oferecidos às crianças que têm sobrepeso, atitudes, gestos e formas de incentivá-los a perder peso, mas antes de tudo, sentir-se bem consigo mesmo. E também dicas de substituições de alimentos “atrativos” por outros mais saudáveis. Vale lembrar que, ajuda muito toda família ter uma atitude saudável.

Segundo a Vera Lúcia Perino Barbosa, Presidente do Instituto Movere, “esperamos ao final do projeto mostrar os indicadores de resultados para a Secretaria da Educação e Saúde para debatermos políticas públicas, para ajudar as crianças e lidarem com sobrepeso e obesidade tanto diante da família como na escola”.

Os atendimentos serão realizados no Instituto Movere de segunda e sexta-feira, das 9h às 17h, na Rua Afonso Porto 326, no Bairro de Arthur Alvim (próximo ao metrô Arthur Alvim). As inscrições estão abertas e as famílias podem se inscrever pelo fone: 2741-2374 – horário das 10h às 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>